Bom dia, Visitante! (entrar - cadastro)

CMCR_MAIO

14 de março, 2019 às 13:37

Número de alunos matriculados no Centro Educacional Infantil de Costa Rica estão acima da média estadual

Além disso, o sistema educacional de Costa Rica conta com uma Central de Vagas, onde um mecanismo de cadastro é feito, garantindo maior agilidade no encaminhamento dos alunos às unidades disponíveis.

Redação

Foto: Divulgação

Em reunião nacional, a secretaria educação de MS divulgou que a maioria das cidades do estado estão em déficit de creches, mas isso é bem diferente em Costa Rica.
 
A cidade hoje conta com mais de 1630 crianças matriculadas na Educação Infantil, proporcionando uma educação de qualidade em um ambiente ideal para a ampliação dos estudos e desenvolvimentos dos pequenos.
 
Além disso, o sistema educacional de Costa Rica conta com uma Central de Vagas, onde um mecanismo de cadastro é feito, garantindo maior agilidade no encaminhamento dos alunos às unidades disponíveis.
 
Com esse sistema, os pais realizam o cadastro do alunos nos Centros Educacionais, e já sabe qual região existem vagas disponíveis. Se por algum motivo não houver vagas disponíveis, o aluno é encaminhado para uma lista de espera que fica a disposição de todas as unidades, e ao sinal de vagas, os pais são informados. Essa lista é bastante rápida, e em poucos dias os alunos são direcionados para o Centro Educacional Infantil.
 
Além disso, algumas unidades passaram por reforma, proporcionando melhores condições de uso, tanto para os alunos como aos profissionais que atuam no local.
 
Isso mostra que a gestão atual de Costa Rica está de olho na educação dos mais jovens, saindo na frente das outras cidades do estado que contam com um déficit de vagas, deixando os alunos sem escola.
Imprimir


Charge da Semana

Confira as principais charges que estão circulando na internet.

Mito... será?

» todas as charges

PUBLICIDADE

DRA Poliana Gif

Entrevistas / Artigos

» todas as entrevistas e artigos

MOTO FEST

Siga-nos

FacebookTwitter


Jornalismo com credibilidade na região norte!