Bom dia, Visitante! (entrar - cadastro)

ALEMS 05

21 de junho, 2022 às 18:18

Câmara aprova projeto que autoriza contratação temporária de professores para educação especial em Costa Rica

O PLC foi aprovado com emenda proposta pela presidente professora Mestre Manuelina Martins da Silva Arantes Cabral (MDB), e do 1° secretário Averaldo Barbosa da Costa (MDB)

A Câmara Municipal de Vereadores de Costa Rica-MS aprovou, na segunda-feira (20), o PLC - Projeto de Lei Complementar - N°. 106/2022 de autoria do prefeito Cleverson Alves dos Santos (PP) que autoriza o município a ofertar o serviço de apoio pedagógico especializado a alunos com deficiência, transtornos globais de desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação.
 
O PLC foi aprovado com emenda proposta pela presidente professora Mestre Manuelina Martins da Silva Arantes Cabral (MDB), e do 1° secretário Averaldo Barbosa da Costa (MDB).
 
Conforme explicou a professora Me. Manuelina, a demanda dos profissionais de apoio chegou a chegou a Casa de Leis, e com a emenda proposta será possível dar cumprimento às garantias previstas no art. 28 da Lei Federal n. 13.146, de 6 de julho de 2015.
 
“A Lei Complementar n° 89 que trata de autorização legislativa para contratação temporária de professor já existia no município, porém não constava na legislação a justificativa para destinar o profissional de apoio pedagógico para atuar na educação especial, na inclusão. Não só fizemos a alteração para integrar o professor neste projeto, como os demais profissionais que são necessários para esses alunos. Não podemos falar em cidade inclusiva sem dar essa assistência”, explicou a presidente.
 
O vereador Averaldo Barbosa falou que o projeto já estava na Casa e que algumas mudanças haviam sido estudadas para atender a Rede Municipal de Ensino.
 
“Conversando com a vereadora professora Manuelina chegamos a um texto que viesse atender as necessidades da Secretaria Municipal de Educação, visto que a nossa legislação não permitia a contratação deste profissional e desta forma prejudicava o bom andamento do ensino dessas crianças e jovens no município”, finalizou Averaldo.
 
O projeto foi aprovado em discussão única, por unanimidade de votos, durante a 18ª sessão ordinária e segue para sanção do prefeito de Costa Rica.
Por Cassiane Mews - ASSECOM/CMCR

CMCR 02
Imprimir


Eu ou

Nós?

Água mole em pedra dura...

Tanto bate até que fura

Charge da Semana

Confira as principais charges que estão circulando na internet.

COVID-19

» todas as charges

PUBLICIDADE

CRF Anuncie

Entrevistas / Artigos

Paulo César Regis de Souza

Previdência Social – 100 anos

Nayara Felizardo, repórter Intercept

Quando o assédio vem da Justiça

» todas as entrevistas e artigos

Siga-nos

FacebookTwitter


Jornalismo com credibilidade na região norte!