Costa Rica 17 ℃

Caminhoneiros estão em paralização pelo Movimento União Brasil Caminhoneiro

Proprietários dos postos de combustíveis de Costa Rica dizem que têm estoque para no máximo 3 dias

Publicado em 25/07/2012 11:07

Caminhoneiros estão em paralização pelo Movimento União Brasil Caminhoneiro
Foto: Divulgação

O MUBC - Movimento União Brasil Caminhoneiro, que paralisou a atividade dos caminhoneiros do País nesta quarta-feira (25), dia de São Cristóvão, padroeiro dos motoristas, informou que a manifestação teve aproximadamente 100% de adesão até às 10h da manhã.

Os caminhoneiros estão de braços cruzados nas estradas desde a meia noite e a previsão é que eles devem voltar às estradas após 24 horas.

Os motoristas reivindicam por melhores condições de trabalho, pedem a revisão do valor do frete e do cartão-frete, bem como a legislação relativa ao horário de trabalho e salário.

Em Costa Rica, a maioria dos proprietários dos postos de combustíveis calcula que não irá faltar combustível na cidade, uma vez que, eles já estavam prevendo a greve e por isso aumentaram seus estoques para durarem pelo menos três dias.

“Em nosso posto enchemos todo o tanque porque já tínhamos um aviso que os caminhoneiros poderiam paralisar no dia do padroeiro deles”, disse um gerente de posto de Costa Rica.

Entenda

O MUBC promete paralisar 2 milhões de motoristas caso a ANTT - Agência Nacional de Transportes Terrestres não revogue por completo a resolução 3056/09, que regulamentou as alterações na Lei 11442/07. Segundo a entidade, as alterações propiciaram a inclusão, no mercado de fretes, de milhares de transportadores, provocando uma concorrência desleal e ilegal e que ocasionou os fretes extremamente defasado.

Outro ponto apontado pelo movimento é em relação à carga horária e o tempo de descanso definido pelo Estatuto do Motorista (Lei 12619/12). O texto estabelece que o caminhoneiro deva cumprir um tempo de descanso diário de 11h. Porém, os manifestantes alegam que as rodovias não possuem pontos de apoio para os caminhões pararem.

PRF

Ao mesmo tempo, como forma de protesto, policiais rodoviários federais também realizam barreiras de fiscalização intensa em veículos de carga nas principais rodovias federais do Brasil.

SIGA-NOS NO Costa Rica em Foco no Google News

Pode te Interessar