Costa Rica 15 ℃

Costa Rica registra baixo índice de casos de dengue

Dois casos de dengue foram notificados nesses primeiros 10 dias do ano

Publicado em 11/01/2012 09:59

Costa Rica registra baixo índice de casos de dengue
Foto: Divulgação

A mobilização dos Agentes de Controle de Vetores ao combate à dengue continua sendo desenvolvida diariamente em vários pontos do município de Costa Rica (MS). Dados sobre os trabalhos realizados de janeiro a dezembro de 2011 comprovam o registro de 178 casos durante todo o ano e o levantamento do índice geral apontou abaixo de 1% sendo que em 2010 esse índice de infestação era de 5%.

Ainda segundo balanço da equipe de Vetores da Secretaria Municipal de Saúde Pública, dos 178 casos notificados, 48 pessoas foram diagnosticadas com dengue. Não houve nenhum óbito e também não foi registrado nenhum caso de dengue hemorrágica.

Nesses 10 primeiros dias do ano foram registrados dois casos de dengue no município o que atinge um índice de 0,78%. Janeiro é considerado um período de infestação do mosquito, por conta das chuvas mais intensas nesta época. Em 2011, foram notificados 20 casos durante os 30 dias do mês de janeiro.

Os números confirmam a intensificação dos trabalhos na batalha contra o mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, segundo afirma o coordenador Municipal de Endemias, Geandro dos Santos Almeida.

- Atualmente contamos com 12 agentes e cada um deles realiza a vistoria nas residências da cidade. O resultado é altamente positivo, o índice está baixando significativamente com o apoio da população costarriquense. Um amplo trabalho foi realizado por toda equipe por meio da distribuição de panfletos explicativos e as visitas que são o ponto principal. O nosso objetivo é de continuar conscientizando os munícipes da importância em ajudar no combate”, enfatiza.

Para que o mosquito da dengue não se multiplique, é preciso armazenar lixo nos locais adequados, colocar areia nos pratos dos vasos, tampar as caixas d’água, vistoriar lajes, calhas, armazenar pneus em locais fechados, não guardar recipientes descartáveis, entre outras orientações.

Ovitrampas
As ovitrampas são armadilhas especiais para colher ovos do mosquito Aedes Aegypti, transmissor do vírus do dengue disponibilizados pelo Governo do Estado. Costa Rica trabalha desde maio de 2011 com 60 ovitrampas onde já foram capturados mais de 30 mil ovos.

SIGA-NOS NO Costa Rica em Foco no Google News

Pode te Interessar