Costa Rica 20 ℃

Luiz Bocalan pode ingressar na extensa lista dos Fichas Suja antes mesmo de iniciar sua carreira política

A sentença foi dada na tarde de terça-feira (18) pelo juiz eleitoral Walter Arthur Alge Netto

Publicado em 20/12/2012 09:02

Foto: Arquivo/CR em Foco

Frustrante. Essa é a palavra para classificar a carreira política do empresário de Costa Rica (MS), Luiz Antônio Bocalan (PMDB), que acaba de ter seu registro de candidatura cassado podendo ingressar na extensa lista dos Fichas Suja. A sentença foi dada na tarde de terça-feira (18) pelo juiz eleitoral Walter Arthur Alge Netto.

Tanto Luiz Bocalan quanto o prefeito de Costa Rica (MS) Jesus Queiroz Baird (PMDB) da coligação Amor Trabalho e Fé estão amargando mais uma derrota, mas agora na Justiça Eleitoral. Eles ainda podem recorrer da sentença junto ao TRE – Tribunal Regional Eleitoral.

Além de ter os direitos políticos suspensos por oito anos, isto é até o ano de 18 de dezembro de 2020, Baird e Bocalan ainda foram condenados a pagar multa de R$ 50 mil por abuso de poder político.

O Ministério Público Estadual opinou favoravelmente pela cassação de Baird e Bocalan por improbidade administrativa sob acusação de uso indevido na máquina pública e concessão de benefícios, como remédios, materiais escolares e de construção, cesta básica, doação de lotes urbanos, em troca de votos no período eleitoral.

A ação relata que de 2010 a 2012 o orçamento da Secretaria de Promoção Social no município saltou de R$ 700 mil para R$ 1,3 milhão. A promotoria ainda atesta que, por conta das doações, os eleitores seriam diretamente influenciados na disputa eleitoral.

SIGA-NOS NO Costa Rica em Foco no Google News

Pode te Interessar