Costa Rica 15 ℃

Prefeito de Costa Rica é considerado inimigo da Educação

Reconhecer o valor do professor deve ser prioridade da administração pública

Publicado em 27/03/2012 10:00

Prefeito de Costa Rica é considerado inimigo da Educação
Foto: Luciana Aguiar

O prefeito Municipal de Costa Rica (MS), Jesus Queiroz Baird (PMDB) é destaque na mídia nacional, através da CNTE – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, por não cumprir a Lei 11.738 que determina o pagamento do piso nacional do magistério e a implantação de 1/3 de hora-atividade.

Além de Baird, outros 34 prefeitos de Mato Grosso do Sul estão incluídos na lista negra da CNTE.

Clique aqui e confira:

A atitude do atual prefeito desestimula o professor, faz com que a qualidade do ensino não seja satisfatória, ainda mais levando em conta que o município tem uma das maiores rendas per capita, quando se coloca a sua arrecadação divida pelo número de habitantes.

Reconhecer o valor do professor deve ser prioridade da administração pública, pois nele se encontra o estímulo de melhor educar as nossas crianças, aqueles que serão os futuros governantes deste Município, deste Estado e deste País.

A insensibilidade quanto ao reconhecimento de um direito amparado em Lei é inadmissível, nem precisaria de regra para ver que os nossos educadores precisam ser melhores remunerados. Por aí se vê o que a atual administração não tem rumo, não sabe onde e como investir.

SIGA-NOS NO Costa Rica em Foco no Google News

Pode te Interessar