Costa Rica 20 ℃

Trans Paraná emite Nota de Esclarecimento

O transporte público em Costa Rica foi regulamentado pela Prefeitura Municipal

Publicado em 13/04/2012 13:00

Foto: Divulgação

O Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Açúcar, Etanol e Bioenergia – SINTRAB realizou, na data de 10/04/2012, assembleia geral, a fim de reivindicarem aumento salarial e pagamento de horas in itinere.

De acordo com a matéria vinculada no site Hora da Notícia, o advogado da Federação, José Antonio da Silva, teria dito que “a empresa está pressionando para fazer o desconto no valor de 6% no transporte uma vez que o transporte foi regulamentado e passou a ser público, isso vai tirar benefício dos trabalhadores e beneficiar a Empresa de Transporte Paraná que pertence ao ex-prefeito, Waldeli dos Santos Rosa”. 

Notificou ainda o site que: “a linha de ônibus já pertencia a Empresa Paraná, sempre transportou os trabalhadores e não era descontado, agora que o transporte foi regulamentado e passou a ser público querem descontar dos trabalhadores, a empresa é desobrigada a pagar disse o advogado”.

Em respostas as declarações e para não faltar com a verdade aos leitores, a empresa Paraná Empreendimentos Ltda (Trans Paraná), presta os seguintes esclarecimentos:

1.    A empresa pertence aos sócios Marcos Vinicius Frezarin Rosa e Elizandra Thais Frezarin Rosa, conforme registro na Junta Comercial;

2.    São inverídicas as informações do advogado da Federação e do site Hora da Notícia, pois a empresa Paraná Empreendimentos não tem qualquer interferência no pagamento dos salários e horas in itinere dos trabalhadores, pois a concessão é desde 06/01/2011 e não recente, como alega;

3.    O transporte público em Costa Rica foi regulamentado pela Prefeitura Municipal através de concessão pública no final do ano de 2010 e em 06 de janeiro de 2011 a Prefeitura Municipal realizou certame licitatório objetivando a concessão, exploração do serviço de transporte coletivo rural e urbano – Modalidade Concorrência nº 009/2010 – Processo nº 2518/2010;

Sagraram-se vencedoras em parte das linhas a empresa WG Transportes e em partes a empresa Paraná Empreendimentos, ficando a linha Costa Rica–ETH, com a última empresa.

Desta feita, comprova-se que as alegações do advogado da Federação são inverídicas, visto que a concessão foi outorgada a Paraná Empreendimentos em 06/01/2011 pela Prefeitura Municipal.

Fica claro, que a Paraná Empreendimentos sempre esteve e sempre estará ao lado do trabalhador, mas seu papel é de oferecer um transporte de qualidade e jamais interferir em negociações salariais, isto é papel do Sindicato, o qual deve informar os seus federados com informações verdadeiras e não tendenciosas, eximindo-se das suas responsabilidades.

SIGA-NOS NO Costa Rica em Foco no Google News

Pode te Interessar