Costa Rica 19 ℃

Três são presos por embriaguez ao volante em Costa Rica

Eles colidiram com veículos que estavam parados nas ruas da cidade

Publicado em 07/11/2011 18:42

O final de semana foi movimentado para a polícia militar em Costa Rica (MS).  De sexta-feira a domingo, três pessoas foram presas por embriaguez ao volante nas ruas da cidade.

A primeira ocorrência foi registrada no final da noite de sexta-feira. Dércidio Nogueira Menezes, 44 anos, seguia pela rua Ambrosina Paes Coelho e colidiu o veículo F-1000, placas CXQ-1746, que dirigia,  com uma pick-up Strada, placas EIZ-6517 e uma caminhonete Ranger, placas NWR-6717, que estavam estacionados em frente a residência de número 2.311.

Com o impacto da batida a pick-up foi parar em cima da calçada e a Ranger foi arremessara para o outro lado da rua. Quando os policiais chegaram ao local perceberam que Dercídio estava totalmente embriagado. Submetido a exame médico que teve resultado positivo, ele foi preso em flagrante, pagou fiança de um salário mínimo e foi liberado para responder ao processo em liberdade.

Na noite de sábado (05) a PM atendeu mais um acidente envolvendo condutor embriagado. Diego Venâncio dos Santos, 22 anos, conduzia a motocicleta Honda XLR, placa HTW-9623 pela rua Um, no Vale do Amanhecer, e ao efetuar uma conversão à esquerda na avenida José Ferreira da Costa, colidiu o veículo com uma pick-up Strada, placas NKH-9098, que estava estacionado no local.

Exame médico realizado em Diego, constatou que ele dirigia sob efeito de bebidas alcoólicas, motivo pelo qual, também foi preso em flagrante, pagou fiança de um salário mínimo (R$ 545,00) e vai responder ao processo em liberdade.

Sidnei Lopes da Silva, 52 anos, também foi flagrado pela polícia militar, quando dirigia embriagado pela rua Marechal Floriano Peixoto, no centro da cidade. Na tarde de ontem, ele conduzia a Caravan, placas HQI-3888, que colidiu na traseira do Astra, cor cinza, placas DNQ-1858, dirigido por José Roberto, que parou no cruzamento para dar preferência a outro veículo.

Como não pagou fiança, Sidnei Lopes continua preso na delegacia da polícia civil de Costa Rica.

SIGA-NOS NO Costa Rica em Foco no Google News

Pode te Interessar