Costa Rica 20 ℃

Vereadores de Costa Rica discutem soluções de sinalização na MS 306

Motoristas já chamam trecho de “Serrinha da Morte”

Publicado em 06/10/2011 10:03

Trecho da Serrinha (Foto: Luciana Aguiar)

Em sessão ordinária realizada na última segunda-feira (03), no Plenário de Deliberações Vereador Simino Jorge de Oliveira – Câmara de Costa Rica (MS), os vereadores discutiram a crítica situação da MS 306 no que se refere à falta de sinalização, principalmente no trecho que liga a Serrinha – Gaúcho Pobre - Bolicho Seco e Baús.

Já virou rotina o acompanhamento da imprensa costarriquense quando tem de informar acidentes nessa rodovia mais precisamente no trecho da Serrinha. A curva é perigosa, e ainda, não há área de escape e isso contribui para os inúmeros acidentes, alguns deles causando morte, razão pela qual a estrada já ganhou o título pejorativo de ”Serrinha da Morte”.

De acordo com um levantamento disponibilizado pela PM – Polícia Militar de Costa Rica, a quantidade de acidentes é expressiva. De junho a setembro deste ano foram registradas 15 ocorrências em toda a MS 306, desses um com morte, sendo que a maioria dos acidentes, 12 foram registrados no trecho liga a Serrinha – Gaúcho Pobre - Bolicho Seco e Baús.

O operador de Máquinas Agrícola da SLC – Fazenda Planalto, Ilton Tomas de Oliveira, 48 nos, faz um apelo às autoridades e aos órgãos de imprensa para solucionarem o problema da “Serrinha da Morte”, ele cobra mais sinalização e a instalação de redutores de velocidade.

- Só tem uma placa indicando a curva e ela está colocada bem em cima na entrada da curva, tem que ter mais placas alertando os motoristas que comece a avisar da curva perigosa. E mais, ali também vai ter que ser colocado redutor de velocidade ou mesmo, aqueles olhos de gato, do jeito que está não pode ficar, ou então ainda vai morrer muitos pais de família, alertou Ilton Oliveira.

O presidente em exercício, vereador Lucas Lázaro Gerolomo (PSB) destacou as matérias publicadas pelo site Costa Rica em Foco, onde nos dois primeiros dias do mês de outubro, foram registrados dois graves acidentes na rodovia, sendo um com morte. O vereador também destacou a importância dos parlamentares em estar buscando soluções no sentido de pedir mais sinalização na MS 306.

- Eu cheguei a fazer na época uma indicação pedindo três pistas. Agora nós vamos tentar marcar uma audiência com o secretário Estadual de Obras e Transportes para buscar uma solução concreta para esse trecho, talvez um radar pudesse resolver parcialmente o problema de tantos acidentes, destacou Lucas.

SIGA-NOS NO Costa Rica em Foco no Google News

Pode te Interessar