Costa Rica 25 ℃
Polícia Civil faz campanha para devolver bicicletas furtadas
São aproximadamente 50 bicicletas que foram furtadas nos últimos 2 anos (Foto: Luciana Aguiar)

Polícia Civil faz campanha para devolver bicicletas furtadas

Segundo delegado, registrar a ocorrência de furto ajuda na hora da devolução do objeto

Publicado em 12/04/2011 20:59

A partir desta quarta-feira (2), a Polícia Civil de Costa Rica estará apresentando à população aproximadamente 50 bicicletas que foram furtadas nos últimos dois anos e que foram recuperadas pelos policiais em operações.

Para isso, o delegado de Polícia Civil, Cleverson Alves dos Santos junto com sua equipe esta organizando uma modesta campanha para convocar as pessoas que tiveram suas bicicletas furtadas nos últimos dois anos para estar comparecendo na sede da Delegacia de Polícia Civil, Localizada a Rua Ambrosina Paes Coelho, 1.373, Centro, para verificar se algum dos veículos pode ser identificado pelo proprietário.

Ainda conforme o delegado é comum que a pessoa que teve sua bicicleta roubada não registrar BO - Boletim de Ocorrência. “A pessoa que teve sua bicicleta furtada na maioria dos casos não registra o BO por achar que já perdeu o veículo, entretanto isso acaba dificultando nosso trabalho, pois quando os policiais fazem operações contra o tráfico de drogas e fecham bocas de fumo eles apreendem diversos objetos que são frutos de furtos de usuários para trocar por drogas”, afirma.

Santos explica ainda que após a apreensão dos objetos é realizada uma consulta ao sistema policial. “Após as apreensões é realizada uma consulta no SIGO para saber se os objetos são produtos de furto, caso seja localizado uma ocorrência que constate isso, entramos em contato com a vítima e formalizamos a devolução do objeto”, diz.

DOAÇÃO
Questionado sobre o que acontece com as bicicletas que são recuperadas e os proprietários não são encontrados, o Policial Civil Nélio explica que é feito um termo judicial e elas são doadas. “Com a doação evitamos que elas virem sucatas, isso caso o proprietário não compareça na Delegacia”, relata.

FURTOS
Cleverson Santos reforça que o furto de bicicletas é comum entre usuários de drogas que as usam para fazer a troca por entorpecentes. “Eles furtam e trocam por entorpecentes por isso é necessário que as pessoas façam o BO, isso facilita em sua devolução caso haja alguma apreensão”, conclui.

SIGA-NOS NO Costa Rica em Foco no Google News

Pode te Interessar