Costa Rica 23 ℃

Advogado diz que Bruno escreveu carta de ‘perdão’ a primo

A mensagem, teria sido escrita no ano passado

Publicado em 19/10/2012 08:22

O advogado Rui Pimenta, que representa o goleiro Bruno Fernandes, confirmou ao G1, na noite desta quinta-feira (18), que o atleta escreveu uma carta de “perdão” ao primo Jorge Luiz Rosa. “O Bruno escreveu essa carta perdoando ele. Para acalmar o espírito dele”, afirmou. A mensagem, que teria sido escrita no ano passado, foi divulgada pela TV Record Minas. À época do desaparecimento de Eliza Samúdio, Jorge, que era adolescente, denunciou o assassinato da modelo para a polícia.

Na carta, Bruno diz que, se o primo inventou “loucuras” e “mentiras”, é porque teve motivos. De acordo com o advogado Rui Pimenta, o jovem teria sido coagido a relatar a morte de Eliza Samudio em depoimento.

Apesar de confirmar a veracidade da mensagem, o defensor não soube informar se a carta chegou, de fato, às mãos do primo de Bruno. O G1 tentou entrar em contato com o advogado de Jorge Luiz Rosa, mas, até a publicação desta reportagem, ele não havia sido encontrado para comentar o caso.

Rui Pimenta também questiona a versão dada por Jorge à polícia de que Eliza Samudio teria sido morta pelo ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola. “Você não consegue matar uma pessoa e não ficar nenhum vestígio, nenhum fio de cabelo, nenhuma célula. Todo mundo fuçou e não encontrou nenhum cisco”, alega.

Fonte: G1

SIGA-NOS NO Costa Rica em Foco no Google News

Pode te Interessar