Costa Rica 17 ℃

Giroto vai assegurar recursos para casas populares em cidades com até 50 mil habitantes

O deputado federal enfatizou que vai apresentar emenda ao Orçamento de 2012

Publicado em 22/09/2011 08:22

Foto: Divulgação

O deputado federal Giroto (PR/MS), relator setorial de Cidades do Orçamento da União de 2012, vai garantir na peça orçamentária do próximo ano recursos para o setor habitacional – construção de casas populares -  em cidades com menos de 50 mil habitantes. A decisão foi tomada na manhã de ontem (21) em reunião no Ministério das Cidades.

Também participou da reunião o presidente do Fórum Nacional de Secretários de Habitação e Desenvolvimento Urbano (FNSHDU) e secretário de Habitação de Mato Grosso do Sul, Carlos Marun, que ressaltou a importância de investimentos no setor em cidades com até 50 mil habitantes.

A diretora do Departamento de Produção Habitacional do Ministério das Cidades, Maria do Carmo Avesani, e o gestor financeiro da Secretaria Nacional de Habitação,  Marcos Chagas Gomes, explicaram ao deputado federal e ao presidente do Fórum as prioridades da pasta para moradia popular, as implicações sociais destes investimentos e sua importância na economia local.

O deputado federal enfatizou que vai apresentar emenda ao Orçamento de 2012 garantindo recursos no setor habitacional para os municípios com menos de 50 mil habitantes. Esta prerrogativa existe porque Giroto é o relator de Cidades na Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional.

“Vou atender esta demanda por saber que a moradia popular em cidades pequenas é um fator de desenvolvimento por gerar riqueza e movimentar a economia local. Além disso, é a oportunidade de se reduzir o déficit habitacional e dar a chance às famílias carentes para que tenhma moradia digna”, enfatizou o parlamentar sul-mato-grossense após reunião no Ministério das Cidades. (Da assessoria).

SIGA-NOS NO Costa Rica em Foco no Google News

Pode te Interessar