Costa Rica 28 ℃

Ministério cria comissão para apurar denúncias

Supostas irregularidades foram relatadas pela revista Veja

Publicado em 05/07/2011 09:04

O Ministério dos Transportes divulgou nota informando que criou comissão de sindicância investigativa para apurar as supostas irregularidades na pasta relatadas pela revista Veja. O ministro Alfredo Nascimento colocou-se à disposição do Congresso Nacional para prestar os esclarecimentos necessários.

Alfredo Nascimento estabeleceu prazo de 30 dias para conclusão das apurações. O ministro também pediu à Controladoria-Geral da União (CGU) que faça uma auditoria sobre os contratos mencionados pela reportagem da revista. Nascimento solicitou ao Conselho de Administração da Valec, empresa estatal de ferrovias, que decida sobre o afastamento preventivo do diretor-presidente da companhia, José Francisco das Neves, até que sejam concluídas as investigações pela comissão de sindicância.

No último sábado (2), o ministério comunicou o desligamento temporário de quatro servidores citados em reportagem da Veja desta semana, segundo a qual existe no ministério um esquema de pagamento de propina para integrantes do PR em troca de contratos de obras.

Foi anunciado o afastamento do diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Luís Antônio Pagot, do chefe de gabinete do ministro, Mauro Barbosa da Silva, do assessor do gabinete, Luís Tito Bonvini, e do diretor-presidente da Valec, José Francisco das Neves. (Agência Brasil).

SIGA-NOS NO Costa Rica em Foco no Google News

Pode te Interessar