Costa Rica 21 ℃

Puccinelli, Simone, Giroto e Moka pedem R$ 321 mi para redes de água e esgoto

28 cidades de Mato Grosso do Sul serão beneficiadas

Publicado em 15/07/2011 08:32

Foto: Divulgação

O deputado federal Giroto (Pr-MS), o Governador André Puccinelli (PMDB), a vice-governadora Simone Tebet (PMDB) e o senador Waldemir Moka (PMDB) solicitaram na manhã de ontem (14) ao Ministro das Cidades, Mário Negromonte, R$ 321,1 milhões para construir ou ampliar em 28 municípios sul-mato-grossenses as redes de abastecimento de água e de coleta de esgoto.

No documento entregue ao ministro foi destacado que a inclusão das obras no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) vai possibilitar melhores condições sanitárias e de saúde nos municípios. Puccinelli também enfatizou que os administradores municipais já têm os  projetos de engenharia e fizeram os orçamentos das obras.

Foram solicitados R$ 179,1 milhões para 23 municípios com menos de 50 mil habitantes. Para o sistema de abastecimento de água são R$ 14,5 milhões para o município de Aparecida do Taboado; 5,5 milhões para Coxim; R$ 1,1 milhão para Fátima do Sul; R$ 9 milhões para Inocência; R$ 1,8 milhão para Ivinhema; R$ 300 mil para Paranhos; R$ 880 mil para Itaquiraí; R$ 3,8milhões para Nova Andradina; R$ 1,3 milhão para Camapuã; R$ 1,8 milhão para Terenos; R$ 2,3 milhões para Itaporã; R$ 980 mil para Sidrolândia; R$ 2,2 milhões para Rio Brilhante e R$ 1,8 milhão para  Rio Verde.
Também foram pedidos R$ 16,1 milhões para o sistema de esgoto de Anastácio; R$ 29,8 milhões para Aquidauana; R$ 18,3 milhões para Aparecida do Taboado; R$ 11,2 milhões para Chapadão do Sul; R4 2,5 milhões para Coxim; R$ 13,4 milhões para Eldorado; R$ 15 milhões para Jardim; R$ 4,7 milhões para Nioaque; R$ 5 milhões para Paranaíba; R$ 5,5 milhões para Rio Negro e R$ 10 milhões para o município de Rio Verde.

Para as cidades com mais de 50 mil habitantes foram pleiteados R$ 142 milhões, sendo R$ 34,6 milhões para os sistemas de abastecimento de água e coleta de esgoto de Corumbá e R$ 20 milhões para os de Ponta Porã. O governador solicitou R$ 47,3 milhões para Dourados e outros R$ 40 milhões para Três Lagoas ampliarem suas redes de coleta esgoto. (Da assessoria)

SIGA-NOS NO Costa Rica em Foco no Google News

Pode te Interessar