Bom dia, Visitante! (entrar - cadastro)

CMCR 08 - Agosto Lilás

04 de agosto, 2022 às 17:34

Chile investiga origem de buraco de 200 metros de profundidade no Atacama

Cavidade foi encontrada em área de mineração e tem 25 metros de diâmetro

Da redação

Autoridades da região do Atacama ativaram protocolos de segurança diante de um gigantesco sumidouro (Imagem: Divulgação

Autoridades do Chile começaram a investigar na segunda-feira (1º) um misterioso buraco de cerca de 25 metros de diâmetro que apareceu no fim de semana em uma área de mineração no norte do país.
 
A mídia chilena mostrou imagens aéreas do local, que está em uma área em que há uma mina de cobre operada pela empresa canadense Lundin Mining LUN.TO. O ponto está a cerca de 665 quilômetros ao norte da capital Santiago.
 
O Serviço Nacional de Geologia e Mineração (Sernageomin) tomou conhecimento do buraco no sábado (30) e enviou funcionários especializados para a área, disse o diretor da agência, David Montenegro, em comunicado.
 
O prefeito da comuna de Tierra Amarilla, Cristobal Zuniga, afirmou à imprensa local que o buraco é uma consequência das atividades extrativistas inconsequentes e desmedidas realizadas na área.
 
A Sernageomin informou o fechamento de áreas que vão desde a entrada da propriedade até o canteiro de obras da mina de Alcaparrosa, localizada próximo ao buraco.
 
A Lundin Mining não respondeu imediatamente a um pedido de comentário. A empresa detém 80% da propriedade, e o restante está sob posse da japonesa Sumitomo Corporation.
Fonte: Reuters

Agosto Lilás
Imprimir


Eu ou

Nós?

Água mole em pedra dura...

Tanto bate até que fura

Charge da Semana

Confira as principais charges que estão circulando na internet.

COVID-19

» todas as charges

PUBLICIDADE

CRF Anuncie

Entrevistas / Artigos

João Luis Fedel Gonçalves

Leigas e Leigos são esperança da Igreja

Silvia Chakian, promotora de Justiça do Ministério Público

Por que a maioria das mulheres não denunciam crimes de assédio e violência sexual?

» todas as entrevistas e artigos

Siga-nos

FacebookTwitter


Jornalismo com credibilidade na região norte!