Costa Rica 29 ℃

Deputado Giroto pede agilidade nas obras do Porto de Ladário

O Porto de Ladário teve suas obras iniciadas em fevereiro de 1973

Publicado em 12/04/2011 20:59

Giroto (PR), Carlos Alberto (Semac) e secretário do Ministério dos Transportes, Paulo Passos (Foto: Divulgação)

O deputado federal Giroto (PR) e o secretário de Estado de Estado do Meio Ambiente, do Planejamento, da Ciência e Tecnologia (Semac), Carlos Alberto Negreiros Said Menezes, pediram ao secretário-executivo do Ministério dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, que priorize a adequação de terminais de carga do Porto de Ladário, em Mato Grosso do Sul. A reunião foi na tarde de ontem (17/03) em Brasília.

Durante o encontro, Passos enfatizou que a pasta vai dar atenção especial à Hidrovia do Rio Paraguai, com investimentos em dragagem e adequação de portos para escoar a produção da Região. Atualmente, o  porto está operando somente como apoio ao turismo da região.

“Solicitamos ao Paulo Sérgio que priorize a reforma no Porto de Ladário por ser de grande importância estratégica para o setor produtivo sul-mato-grossense”, destacou Giroto, após a reunião.

De acordo com a Secretaria de Gestão dos Programas de Transportes, ligada ao Ministério dos Transportes, o Governo Federal prevê investimento de R$ 38 milhões na adequação de terminais de carga de Ladário (MS) e Cáceres (Mato Grosso). Os recursos estão previstos para o período de 2011 a 2014.

O Porto de Ladário teve suas obras iniciadas em fevereiro de 1973, com inauguração em maio de 1980. Está localizado na margem direita do Rio Paraguai, tendo dois berços distintos, instalados em um trecho de 250m, sendo um para sacaria e outro para granéis sólidos. Dispõe de um armazém com 1.500m2 e capacidade estática de 1.000t. Possui, também, um pátio externo, descoberto, com 20.000m2. Corumbá possui um cais de 200m e um armazém para carga geral, de 1.400m2, para 1.100t, fora de uso, necessitando de recuperação, além de um pátio descoberto, com 4.000m2. O porto está operando somente como apoio ao turismo da região, segundo a Secretaria de Transportes Aquaviários, vinculado ao Ministério dos Transportes.


(Assessoria de Comunicação Deputado Giroto)

SIGA-NOS NO Costa Rica em Foco no Google News

Pode te Interessar