Costa Rica 19 ℃

Servidores do Judiciário devem cruzar os braços na segunda-feira

A greve foi aprovada ontem em assembleias

Publicado em 09/05/2012 10:03

Os servidores do Judiciário de Mato Grosso do Sul ameaçam entrar em greve a partir da próxima segunda-feira caso a presidência do TJMS - Tribunal de Justiça não faça, até lá, proposta melhor de reajuste salarial.

Na semana passada, a categoria reuniu-se com o presidente, desembargador Hidelbrando Coelho Neto, que ofereceu 6% de aumento para os funcionários “para acompanhar o Executivo”. A categoria pede 18% de acréscimo, mas “está aberta a negociar”, segundo o presidente do Sindijus/MS - Sindicatos dos Trabalhadores do Poder Judiciário, Dionízio Avalhes.

A greve foi aprovada ontem em assembleias realizadas em Campo Grande, Três Lagoas, Corumbá, Dourados, Bela Vista, Porto Murtinho e Bonito.

O Judiciário de Mato Grosso do Sul tem, hoje, 3,5 mil servidores que ganham entre R$ 1,4 mil e R$ 3,4 mil. “Os salários estão muito defasados. Fora isso, queremos melhores condições de trabalho. Nós trabalhamos com prazos e metas, é muita pressão”, afirma Avalhes.

Fonte: Conjuntura On Line com Correio do Estado

SIGA-NOS NO Costa Rica em Foco no Google News

Pode te Interessar