Costa Rica 20 ℃

Vice-governadora recebe a visita de diretoras de escolas norte-americanas

As autoridades conversaram sobre a estrutura das escolas

Publicado em 03/08/2011 10:00

A vice-Governadora Simone Tebet recebeu ontem (2), no gabinete da Governadoria, a visita das norte-americanas Aida Fraser-Hammer, vice-diretora da Kentwood High School, da cidade de Kent, no Estado de Washington e a diretora Mary Beth Pelosky, da escola “Nottinghan Elementary”, de Arlington, na Virginia. As visitas fazem parte de um programa de intercâmbio entre diretores escolares norte-americanos e brasileiros como parte das atividades do Prêmio Gestão Escolar.

Durante a reunião, Simone Tebet e as educadoras norte-americanas, acompanhas pela secretária de Estado de Educação, Maria Nilene Badeca da Costa e da adida da Embaixada dos Estados Unidos, conversaram sobre a estrutura das escolas, o ensino pedagógico, educação profissionalizante e taxa de analfabetismo.

“A exigência é que os alunos estejam no ensino médio para o ingresso na educação profissionalizante. Realizamos um trabalho compartilhado, entre a escola e a prática, com uma jornada de oito horas”, destacou Aida Fraser-Hammer.

O programa de intercâmbio é uma parceria entre o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), presidido pela secretária de Estado de Educação, Maria Nilene Badeca da Costa, e a Embaixada Americana. “É uma oportunidade para efetivarmos a parceria com a Embaixada Americana. A troca de experiência é muito importante e rica para o conhecimento pedagógico dos professores. Mato Grosso do Sul foi premiado com a visita destas duas diretoras norte-americanas”, afirmou a secretária de Estado Nilene Badeca.

Ontem à tarde na Escola Estadual São José, que fica na Vila Rosa, os estudantes do 6º ano do ensino fundamental vão recepcionar as diretoras norte-americanas com uma apresentação de “Oh Happy Day”, que ensaiaram com a professora de inglês. A diretora da escola, Ivone Aparecida Calvo Marcuzo, explica que todos os alunos estão ansiosos pela visita. "As diretoras conhecerão nossas instalações e poderão tirar dúvidas”. A escola atende 478 alunos do 1º ao 9º ano do ensino fundamental. As educadoras dos Estados Unidos ficam em Campo Grande até o dia 6 de agosto.

Presente também na reunião de hoje (2), na Governadoria, a diretora da Escola Estadual Paulo Freire, em Iguatemi, Cecília Ledesma, premiada no premio Gestão Escolar 2010, destacou a importância do intercâmbio. “Estive conhecendo as escolas nos Estados Unidos, como parte as ações do prêmio Gestão Escolar, e pude ver a diferença na estrutura, no ambiente, o comprometimento dos professores, levando este conhecimento para a nossa comunidade escolar”, afirmou a diretora.

As diretoras fazem parte de um grupo formado por nove diretores norte-americanos da Georgia, Maryland, Carolina do Norte, Minnesota, Nova Jersey, Virginia, Nevada, Wisconsin e Washington, que chegou ao Brasil no dia 31. Cada um dos gestores visitará dois Estados, entre eles o Acre, Alagoas, Amazonas, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, São Paulo e Tocantins.

Hoje à noite, o grupo passará pela Escola Estadual Olinda Conceição Teixeira Bacha, que tem 1.140 alunos matriculados no ensino fundamental, ensino médio, Educação para Jovens e Adultos (EJA) e Sistema Escola Técnica do Brasil (E-Tec Brasil). A diretora da escola do Conjunto Buriti, Sirlei Isabel de Freitas, conta que “os estudantes pesquisaram sobre a região em que moram as diretoras, arrumaram as salas e preparam um ambiente de boas-vindas”. Uma comissão de alunos vai acompanhar o grupo, que assistirá a um vídeo produzido em português e inglês e participará de uma mesa redonda com pais, professores das escolas do bairro e estudantes.

No dia 4 de agosto, no fechamento oficial do intercâmbio, as visitantes vão participar, com mais 150 pessoas, de um seminário bilíngue no Centro de Educação Profissional Ezequiel Ferreira Lima (Cepef), das 13 às 17 horas. Entre outros assuntos abordados, será discutido o significado do intercâmbio e sua programação, pela perspectiva da Secretaria de Estado de Educação, no contexto da política de desenvolvimento da Gestão Escolar do Estado. O Cepef oferece cursos técnicos de nível médio, Profuncionário presencial e a distância para funcionários da Educação e E-Tec Brasil.

Entre outubro e novembro de 2010, estes mesmos diretores norte-americanos receberam em suas escolas 24 colegas brasileiros vencedores do Prêmio Gestão Escolar em seus Estados. O objetivo do intercâmbio é conhecer o cotidiano das escolas, o processo de gestão, as experiências pedagógicas, seus problemas e ações realizadas para enfrentar os desafios. O programa foi criado em 1998. Desde então, contou com a participação de mais de 200 diretores escolares.

Prêmio Gestão Escolar
O Prêmio Gestão Escolar é uma importante ferramenta de mobilização e avaliação das escolas públicas brasileiras, que visa melhorar a gestão e a qualidade do ensino público no País. Participar do prêmio é, com certeza, contribuir decisivamente para que a escola passe a incorporar uma cultura de autoavaliação que destaque e evidencie boas práticas de gestão, sobretudo nas questões que estabelecem a melhoria dos níveis de aproveitamento dos alunos.

A escola indicada por cada Estado como a que melhor atende aos critérios estabelecidos no regulamento recebe o Diploma Escola “Destaque Estadual”. As seis escolas finalistas, selecionadas pelo Comitê Nacional de Avaliação, recebem o Diploma Escola “Destaque Nacional”. Já a escola melhor qualificada dentre as seis finalistas recebe o Diploma Escola “Referência Brasil”. Além dos diplomas, será concedida uma viagem para intercâmbio de experiências ao diretor da melhor escola de cada Estado, além de premiação em dinheiro para as melhores classificadas.

Em 2010, a cerimônia de entrega do Prêmio Gestão Escolar aconteceu no Teatro Municipal, no Rio de Janeiro, e reuniu escolas públicas de todo o País. Uma escola estadual de Mato Grosso do Sul chegou entre as seis finalistas, selecionadas entre 2.391 instituições. A diretora da Escola Estadual Paulo Freire, de Iguatemi, região sul do Estado, Cecília Welter Ledesma, viajou para os Estados Unidos com outros diretores de 22 Estados e do Distrito Federal.

O Prêmio Gestão Escolar é uma iniciativa conjunta do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e Ministério da Educação (MEC). (Da assessoria).

SIGA-NOS NO Costa Rica em Foco no Google News

Pode te Interessar