Bom dia, Visitante! (entrar - cadastro)

ALEMS 05

09 de setembro, 2015 às 15:24

CPI do BNDES derruba convocação da JBS, mas aprova a de sobrinho de Lula

A empresa é uma das maiores doadoras de campanha de parlamentares

Da redação

Num momento de concordância entre deputados do PT e do PMDB, que vêm tendo seguidos atritos na Câmara, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do BNDES derrubou a convocação dos donos do maior grupo frigorífico do país, o JBS. A empresa é uma das maiores doadoras de campanha de parlamentares e uma das principais beneficiárias de empréstimos do banco estatal nos últimos anos.
 
Os requerimentos para convocar os empresários Wesley e Joesley Batista, da JBS, geraram discussão entre os deputados nesta quarta (9), e a votação teve de ser nominal. As convocações foram derrubadas por 15 votos a 9.
 
Foram contrários às convocações os deputados Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), André Moura (PSC-SE), Carlos Zarattini (PT-SP), Covatti Filho (PP-RS), Davidson Magalhães (PC do B-BA), Delegado Edson Moreira (PTN-MG), Diego Andrade (PSD-MG), Edio Lopes (PMDB-RR), Fábio Reis (PMDB-SE), Marcelo Squassoni (PRB-SP), Daniel Vilela (PMDB-GO), Mauro Pereira (PMDB-RS), Paulão (PT-AL), Paulo Magalhães (PSD-BA) e Reginaldo Lopes (PT-MG). A oposição votou a favor das convocações.
 
Em seguida, em meio a muita discussão, os deputados aprovaram a convocação de Taiguara Rodrigues dos Santos, sobrinho da primeira mulher do ex-presidente Lula e suspeito de tráfico de influência no BNDES, segundo os deputados.
 
A aprovação do sobrinho de Lula ocorreu após uma manobra dos deputados, que inverteram a ordem da pauta. Como a votação dos empresários da JBS havia sido nominal, a votação seguinte não pôde seguir o mesmo rito, conforme determina o regimento das CPIs.
 
Fonte: FolhaPress

CMCR 07
Imprimir


Eu ou

Nós?

Água mole em pedra dura...

Tanto bate até que fura

Charge da Semana

Confira as principais charges que estão circulando na internet.

COVID-19

» todas as charges

PUBLICIDADE

CRF Anuncie

Entrevistas / Artigos

João Luis Fedel Gonçalves

Leigas e Leigos são esperança da Igreja

Silvia Chakian, promotora de Justiça do Ministério Público

Por que a maioria das mulheres não denunciam crimes de assédio e violência sexual?

» todas as entrevistas e artigos

Siga-nos

FacebookTwitter


Jornalismo com credibilidade na região norte!