Bom dia, Visitante! (entrar - cadastro)

ALEMS 05

20 de janeiro, 2022 às 16:00

Em 2022, MS já registrou 41 mortes por covid e 39 por gripe influenza

Mortes foram registradas oficialmente em banco de dados da Secretaria Estadual de Saúde

Da redação

Foto: Marcos Maluf

Mato Grosso do Sul já registrou, pelo menos, 41 mortes por covid e 39 por gripe nos 20 primeiros dias deste ano. As informações foram extraídas dos boletins diários publicados desde o começo de 2022 pela SES (Secretaria Estadual de Saúde).
 
Em relação à covid, causada pelo coronavírus, o Estado já confirmou mais de 396,7 mil pacientes infectados, desde o início da pandemia em território estadual, em meados de março de 2020. Nos últimos sete dias, tem sido verificada média de 986 infecções a cada 24 horas e cerca de 3,3 óbitos.
 
Já a gripe, que registra surto do subtipo viral influenza H3N2, há uma média de 3,6 mortes por dia e pelo menos 286 internações ocorreram desde dezembro de 2021. 
 
Boletim epidemiológico - Foram cinco mortes por covid registradas nesta quinta-feira (20), mas que ocorreram nos últimos dias e duas em julho do ano passado, mas só tiveram registro oficial hoje.
 
Eram vítimas de Figueirão, Campo Grande (3) e Pedro Gomes e tinham entre 47 e 91 anos. Atualmente, há pelo menos 218 internados em leitos clínicos ou de terapia intensiva em hospitais públicos e particulares de Mato Grosso do Sul.
 
Conforme a SES, cerca de 63% dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) estão ocupados por pacientes de coronavírus. Já em relação à gripe, as novas vítimas eram de Corumbá, São Gabriel do Oeste e Aquidauana e tinham entre 65 e 97 anos.
 
Por Guilherme Correia - Campo Grande News

PMA 02
Imprimir


Charge da Semana

Confira as principais charges que estão circulando na internet.

COVID-19

» todas as charges

PUBLICIDADE

CRF Denuncie

Entrevistas / Artigos

Paulo César Regis de Souza

Previdência Social – 100 anos

Nayara Felizardo, repórter Intercept

Quando o assédio vem da Justiça

» todas as entrevistas e artigos

Siga-nos

FacebookTwitter


Jornalismo com credibilidade na região norte!