Costa Rica 27 ℃
Polícia Civil retoma escavações em residência, no Vale do Amanhecer

Polícia Civil retoma escavações em residência, no Vale do Amanhecer

Será realizado um mutirão para tentar concluir os trabalhos o mais rápido possível na casa

Publicado em 12/04/2011 20:59

O delegado de Polícia Civil de Costa Rica, Cleverson Alves dos Santos informou na tarde desta terça-feira (15) que deverá retomar amanhã (16) as escavações na residência localizada no bairro Vale do Amanhecer, onde supostamente foi enterrado o corpo da jovem Vanessa Ferreira da Silva.

Segundo Cleverson, será realizado um mutirão para tentar concluir os trabalhos o mais rápido possível na casa, para isso ele irá contar com apoio de funcionários públicos do município.

No último dia 07 de março, foi encontrado na residência (durante as escavações), um osso de aproximadamente 20 centímetros que estava enterrado próximo ao fogão a lenha (cerca de 1,5 - um  metro e meio) de profundidade. O material encontrado foi encaminhado para Campo Grande onde passará por perícia na busca de esclarecer se o osso é humano ou não, caso seja, passará pelo exame de DNA para saber se é de Vanessa.

O delegado deu início ao Mandato de Busca e Apreensão no último dia 03 de março, com apoio dos funcionários do município ele tem a expectativa de encerrar os trabalhos em no máximo cinco dias.

O caso
No dia 12 de dezembro de 2006, Lucimeire Ferreira da Silva, mãe da jovem Vanessa Ferreira da Silva Nunes (na época com 15 anos) registrou um Boletim de Ocorrência, informando que sua filha havia desaparecido há dois dias. A mãe relatou que a menina saiu de casa vestindo uma saia jeans, um top tomara que caia e uma sandália da Vanessa Camargo cor de rosa.

De acordo com investigações da Polícia Civil de Costa Rica, Vanessa pode ter sido vítima de crime passional, uma vez que ela mantinha relacionamento com a pessoa suspeita pelo homicídio que pode ter contanto ainda com a participação da esposa do mesmo.

Ainda conforme as investigações, Vanessa estava grávida de três meses e pode ter sido morta por asfixia, em seguida o suposto casal teria enterrado o corpo no terreno onde na época estava sendo construída uma casa, no bairro Vale do Amanhecer.

SIGA-NOS NO Costa Rica em Foco no Google News

Pode te Interessar