Costa Rica 23 ℃

Governo reduz taxas e impostos e smartphones ficam 25% mais baratos

Neste mês, a presidenta já baixou impostos de computadores

Publicado em 28/09/2012 11:20

Amantes de smartphones terão aparelhos 25% mais baratos nas lojas até o fim deste ano, segundo o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo. De acordo com ele, a isenção fiscal para fabricantes nacionais será repassada ao consumidor até dezembro, época aquecida pelas compras de Natal.

Em outubro, a presidenta Dilma Rousseff deve assinar decreto que reduz taxas e impostos para esses equipamentos. Neste mês, a presidenta já baixou impostos de computadores.

Hoje, o preço desse tipo de aparelho varia de R$ 400 (Samsung Galaxy Y) a R$2.099 (Samsung Galaxy SIII), destaca Guilherme Ribeiro, fundador da Webfones, loja virtual especializada em smartphones e celulares.

Ele orienta: “Essa tecnologia é multitarefa e tem diversas funcionalidades para usuários diferentes: de um estudante ao gerente de empresa”. Segundo Ribeiro, o sistema operacional deve ser o primeiro tópico a pesquisar antes de ir às compras.

PESQUISAR É IMPORTANTE

“Tem o iOS (para iPhones da Apple), Android (Samsung, LG, Motorola e Sony) e Windows Phone (Nokia e Samsung). Vale conversar com amigos  e pesquisar os mais vendidos no País”, recomenda.

A corrida pela compra barata é comprovada por pesquisa do Sindicato do Comércio Varejista de Material Elétrico, Eletrônicos e Eletrodomésticos do Rio: 60,37% dos entrevistados comprarão, em 2012, telefone celular. É o eletroeletrônico com maior intenção de compra até o fim do ano.

A Anatel começa, na próxima semana, a discutir a consolidação de calendário quanto à implementação do nono dígito nos telefones celulares com DDD 21. A previsão é de que a alteração aconteça no primeiro mês de 2013, diz a entidade.

A alteração divide opiniões entre cariocas. O assistente contábil Gilson Santos, 33 anos, diz que será “trabalhoso atualizar a agenda”. Para Luciana Alvarez, 36, funcionária pública, “vale o esforço, desde que o serviço não piore”.

COMO SERÁ A ALTERAÇÃO

Ao ligar, será preciso colocar o número 9 ao fazer a chamada para celulares de municípios com DDD 21, independentemente da área de origem.

Os números passarão a contar com o formato 9XXXX-XXXX, com nove dígitos e não mais de oito números como em outros pontos do País.

A mudança será obrigatória para os clientes da área 21.

A alteração dos números valerá para celulares da Oi, Claro, Tim e Vivo. Mas não afetará quem tem linha da Nextel, que é um serviço de rádio.

Usuário deverá atualizar agenda de contatos do aparelho celular.

Fonte: O dia

SIGA-NOS NO Costa Rica em Foco no Google News

Pode te Interessar