Costa Rica 26 ℃

Queimação na boca suspende venda de Toddynho

São considerados suspeitos os lotes de L4 32 05:30 a L4 32 06:30

Publicado em 01/10/2011 07:00

Foto: Divulgação

A Vigilância da Saúde do Rio Grande do Sul decidiu recolher todos os lotes do achocolatado Toddynho no Estado. O órgão está investigando quatro ocorrências de queimaduras na boca de crianças que ingeriram o produto na região metropolitana de Porto Alegre.

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) pediu que a Secretaria da Saúde de São Paulo faça inspeção imediata na fábrica do achocolatado em Guarulhos (Grande SP).

Segundo a Anvisa, há problemas em dois lotes do produto, com data de validade de 19 de fevereiro de 2012. O órgão disse ainda que a PepsiCo, responsável pela marca Toddynho, informou que houve falha na fabricação de lotes que foram enviados exclusivamente ao Rio Grande do Sul.

São considerados suspeitos os lotes de L4 32 05:30 a L4 32 06:30. A Anvisa pede que não sejam consumidos produtos com essa numeração.

Os primeiros resultados de análises feitas em laboratório indicaram que o achocolatado continha um PH considerado muito alto para um alimento.

Em comunicado, a PepsiCo disse que cerca de 80 unidades de 200 ml do produto tiveram alteração e que imediatamente tomou medidas para tirá-las de circulação. A empresa pediu que os consumidores que precisarem de esclarecimentos liguem para o telefone 0800-7032222.

Falou ainda que pauta suas ações "pela ética e transparência" e que segue "rigoroso controle de qualidade" em sua produção.

Fonte: Folha

SIGA-NOS NO Costa Rica em Foco no Google News

Pode te Interessar