Costa Rica 27 ℃

Terremoto de 7,3 graus atinge o Japão; alerta de tsunami é emitido

A primeira onda, de 1 metro de altura, chegou à cidade de Ishinomaki

Publicado em 07/12/2012 08:05

Foto: Reuters

Um terremoto de 7,3 graus de magnitude atingiu a costa leste japonesa na manhã desta sexta-feira, segundo informações do Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS). A NHK, rede de televisão japonesa, reportou que o tremor, de profundidade 32 km, foi sentido com intensidade na capital Tóquio e um alerta de tsunami foi emitido. A primeira onda, de 1 metro de altura, chegou à cidade de Ishinomaki, na costa nordeste do país, cerca de 40 minutos após o sismo.

Ainda não há informações sobre pessoas feridas ou estragos. O tremor foi registrado a 245 km de Kamaishi, a área habitada mais próxima do epicentro, e a 462 km de Tóquio. Outros terremotos, réplicas do primeiro, foram registrados - um deles de 6,2 graus de magnitude, com epicentro a 220 km de Kamaishi.

Apesar do alerta, o Serviço Geológico dos Estados Unidos descartou a possibilidade de um grande tsunami. "Não há uma ameaça de tsunami importante e destrutiva, mas os terremotos desta potência podem gerar tsunamis locais com capacidade destrutiva nas costas", afirma uma nota do centro americano, que tem sede no Havaí. A agência japonesa advertiu que a onda pode atingir 2 metros de altura na costa nordeste.

A região é próxima do epicentro do tremor de março de 2011, que causou a morte de mais de 3,5 mil pessoas. De acordo com a Reuters, a Tokyo Electric Power (TEPCO), responsável pela usina nuclear de Fukushima, não houve irregularidades perceptíveis na radiação. "Não registramos nada anormal nos dados de seis reatores da central de Fukushima Daiichi", afirmou um porta-voz da TEPCO, em referência a uma unidade gravemente afetada pelo acidente do ano passado.

Em Nagoya, cidade onde o Corinthians está concentrado para o Mundial de Clubes, o terremoto foi pouco sentido.

Fonte: Terra

SIGA-NOS NO Costa Rica em Foco no Google News

Pode te Interessar