Costa Rica 26 ℃
Caçadores são presos com armas, carne de cateto e gaiola, em Costa Rica
A gaiola tipo chiqueiro que era utilizada como armadilha para capturar os animais silvestres

Caçadores são presos com armas, carne de cateto e gaiola, em Costa Rica

Ação foi desencadeada pela Polícia Militar Ambiental e Polícia Civil

Publicado em 11/06/2011 09:48

Policiais Militares Ambientais e civis de Costa Rica prenderam na noite de ontem (10), em uma fazenda próximo ao trevo da Lage, quatro caçadores e apreenderam dois catetos (porco do mato), cinco armas, várias munições deflagradas e uma gaiola.

Em cumprimento ao mandato de busca e apreensão os policias prenderam Osmiro da Silva, 41 anos, Manoel Pereira da Silva, 55 anos, Ilson Lopes, 52 anos e Amilton Fagundes, 27 anos. Os caçadores podem responder o processo em liberdade caso paguem fiança estipulada no valor de R$ 300,00 para cada um.

Os policiais também apreenderam duas espingardas, sendo uma calibre 20 e outra 36, dois revólveres calibre 38, uma zagaia (arma artesanal utilizada na caça) e uma gaiola tipo chiqueiro que era utilizada como armadilha para capturar os animais silvestres.

Durante a vistoria em três casas da fazenda, os policiais encontraram a carne dos animais já abatidos em partes. Como os quatro estavam praticando caça, mas não haviam abatido nenhum animal naquele momento, os policiais deram voz de prisão em flagrante por crime ambiental de caça e posse ilegal das armas. A carne apreendida será guardada para realizar perícia.

Diante disso os caçadores foram conduzidos, juntamente com o material apreendido, à delegacia de Polícia Civil de Costa Rica, onde foram autuados em flagrante. Pelo crime ambiental de caça ilegal, eles poderão pegar pena de seis meses a um ano e meio de detenção e pela posse ilegal de arma, poderá pegar pena de um a três anos, e multa. Além disso, cada autuado recebeu multa administrativa de R$ 500 pelo abate dos animais silvestres.

Em menos de um mês a PMA em ação conjunta com a Polícia Civil já registrou dois crimes de caça na cidade. No último dia 1º, dois caçadores de anta, animal ameaçado de extinção foram autuados.

- Temos uma lista com os nomes dos caçadores da cidade e já sabemos onde encontrá-los, então fazemos mais um alerta, destacou o subtenente da PMA, Anderson Ortiz.

A PMA disponibiliza os números (67) 3247 5413 e/ou (67) 3247 5871 para denúncias.

SIGA-NOS NO Costa Rica em Foco no Google News

Pode te Interessar