Costa Rica 16 ℃

Liminar que soltou prefeito de Alcinópolis manda que ele fique longe da administração

Manuel Nunes da Silva, acusado de mandar matar vereador de Alcinópolis saiu da prisão

Publicado em 30/09/2011 15:59

Liminar que soltou prefeito de Alcinópolis manda que ele fique longe da administração
Foto: Divulgação

A decisão do STJ - Superior Tribunal de Justiça que colocou em liberdade o prefeito afastado de Alcinópolis, Manuel Nunes da Silva (PR), determina que ele deve se manter longe da atual administração, ontem (29) sob o comando do vice-prefeito, Alcino Carneiro (PDT).

Alcino é pai do vereador Carlos Carneiro (PDT), assassinado em outubro ano passado, a mando do prefeito afastado, de acordo com a acusação que levou Manuel Nunes da Silva à prisão por 71 dias.

Ele é apontado como mandante do crime e havia sido preso no dia 20 de julho, junto com três vereadores, um comerciante e uma funcionária da prefeitura. Todos foram soltos.

Para impor ao prefeito afastado a ordem de ficar longe da administração, o ministro do STJ Adilson Macabu aplicou as novas regras para prisões no Páis, que estabelecem a liberdade com restriçõs.
A lei prevê a aplicação de medidas alternativas às prisões, com isso, só depois de transitada em julgado a sentença é que o condenado deve perder a liberdade.

Na decisão, o magistrado ressaltou que o prefeito permanece afastado do cargo enquanto durar a ação penal. O desembargador ainda sugeriu que, se possível, as atividades dele devem ser monitoradas.

Manuel Nunes da Silva deixou hoje a 3ª Delegacia de Polícia Civil em Campo Grande, no bairro Carandá. Ele saiu rapidamente do prédio, acompanhado de três advogados.

Fonte: Campo Grande News

SIGA-NOS NO Costa Rica em Foco no Google News

Pode te Interessar