Costa Rica 25 ℃

Vice Alcino Carneiro assume prefeitura de Alcinópolis até segunda-feira

Alcino é pai do vereador assassinado

Publicado em 21/07/2011 17:59

O vice-prefeito de Alcinópolis, Alcino Carneiro (PDT), pai de Carlos Antônio Carneiro, vereador assassinado em outubro do ano passado em Campo Grande, deve assumir o comando da prefeitura até segunda-feira (25).

Ele afirmou que foi comunicado pelo juiz eleitoral sobre a decisão de que comandará a administração municipal.

Alcino comentou ainda que se reúne agora à tarde com o magistrado para discutir outras assuntos relativos ao Executivo Municipal após a prisão do prefeito e três vereadores.

O encontro, informa o vice-prefeito, pode antecipar as mudanças namara de vereadores. Reunião marcada para amanhã de manhã deve definir como fica a presidência da Casa de Leis e quem assume o lugar dos parlamentares presos.

De acordo com o assessor jurídico damara, Jordelino Garcia de Oliveira, o regimento interno prevê que o vereador mais velho assuma a presidência. Dessa forma, o comando deve ficar com Izamita Alves Leite (PMDB).

Ontem, foram presos o prefeito de Alcinópolis, Manoel Nunes da Silva (PR), o presidente damara, Valter Roniz (PR) e os vereadores Enio Queiroz (PR) e Valdeci Lima (PSDB). Todos são suspeitos de envolvimento na execução de Carlos Antônio Carneiro, então presidente damara.

As prisões são válidas por 30 dias. Agora, caberá àmara dar andamento aos possíveis processos de cassação dos três vereadores presos e empossar os respectivos suplentes. Em seguida, deve ser eleita uma nova mesa diretora.

Crime - Na época do assassinato do vereador, dois homens em uma moto se aproximaram e efetuaram os disparos. No entanto, dois policiais que passavam pelo local no momento do crime surpreenderam os assassinos durante a fuga. Irineu Maciel, de 34 anos, e Aparecido Souza Fernandes, de 34 anos foram presos em flagrante.

Nos depoimentos confessaram ter recebido R$ 20 mil para matar o vereador, porém não revelaram o contratante do serviço. Durante a investigação, Valdemir Vansan, 37 anos, também foi preso acusado de ter contratado Irineu para executar o vereador. (Campo Grande News)

SIGA-NOS NO Costa Rica em Foco no Google News

Pode te Interessar