Bom dia, Visitante! (entrar - cadastro)

PMA_COVID-19

20 de maio, 2020 às 15:02

A cada três dias, uma pessoa morre por dengue em Mato Grosso do Sul

Três óbitos foram registrados em Campo Grande, Dourados e Ponta Porã, segundo boletim desta quarta da SES

Municípios onde foram registradas mortes por dengue (Foto: Reprodução/SES)

Boletim epidemiológico divulgado pela SES (Secretaria de Estado de Saúde) nesta quarta-feira (20) aponta que foram registradas mais três mortes por dengue em Mato Grosso do Sul.
 
Somente neste ano são 37 óbitos provocados pela doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. Isso significa que uma pessoa morre pela doença a cada 3,7 dias no Estado.
 
Os novos casos são de um idoso, de 67 de anos, que tinha hipertensão e morreu no dia 6 de maio. No dia 8, a vítima foi uma menina, de 10 anos, de Dourados, a 228 km de Campo Grande. A terceira morte é de um homem, de 38 anos, que foi a óbito no dia 10.
 
De acordo com o boletim, os casos de Dourados e Ponta Porã não haviam comorbidades relacionadas.
 
Campo Grande lidera o índice de mortes registradas pela doença com sete casos. Em Corumbá foram quatro mortes neste ano. Dourados e Naviraí têm três mortes. Caarapó, Chapadão do Sul e Mundo Novo registraram dois casos.
 
Ponta Porã, Itaquiraí, Sete Quedas, Laguna Carapã, Cassilândia, Paranaíba, Nova Andradina, Itaporã, Aquidauana, Bodoquena, Sidrolândia, São Gabriel do Oeste, Pedro Gomes e Costa Rica têm uma morte cada.
 
Os meses de janeiro e fevereiro registraram oito óbitos cada. Em março, período com maior número de óbitos, foram 11. Em abril foram mais seis vítimas e em maio foram mais quatro.
 
Já o número de casos notificados passaram para 57.924, de acordo com a SES.
Fonte: Gabriel Neris | Campo Grande News
PMA-COVID NEWWS
Imprimir


Charge da Semana

Confira as principais charges que estão circulando na internet.

COVID-19

» todas as charges

PUBLICIDADE

anuncie aqui

Entrevistas / Artigos

Dr. Alex Narcizo

Igreja sem paredes!?

Paiva Netto

A coragem feminina

» todas as entrevistas e artigos

chop

Siga-nos

FacebookTwitter


Jornalismo com credibilidade na região norte!