Costa Rica 19 ℃

Faltam médicos em todos os municípios de Mato Grosso do Sul

Campo Grande e Dourados, as maiores, são as que se posicionam melhor na meta da OMS

Publicado em 23/04/2012 10:07

As 78 cidades de Mato Grosso do Sul não obedecem o critério tido como ideal recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) na densidade de médicos por número de habitantes.

Município com menos 2,5 médicos para cada mil habitantes, é incluído na lista de regiões que a organização classifica de escala baixa. Campo Grande e Dourados, as maiores, são as que se posicionam melhor na meta da OMS: 2,41 médicos e taxa de 2 médicos por mil habitantes, respectivamente, segundo o mais recente dado do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), apurado no ano passado.

Fora Campo Grande (1.893) médicos) e Dourados (393), apenas três cidades, Aquidauana, Bataguassu, e Três Lagoas, conseguem atingir a metade da recomendação da OMS.  O resto, nem isso, ficam com a pontuação que varia entre 1,1 e 0,16 médicos por mil habitantes.

Fonte: Correio do Estado/CB

SIGA-NOS NO Costa Rica em Foco no Google News

Pode te Interessar

Cidades

Operação da PF prende suspeito de tráfico internacional de drogas em MS

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta sexta-feira (8), a Operação Selfie Portrati, que investiga a atuação de uma organização criminosa no tráfico inte...