Costa Rica 27 ℃

Economia brasileira fica estável no 3º trimestre de 2011, mostra IBGE

Na comparação com o 3º trimestre de 2010, PIB teve avanço de 2,1%

Publicado em 06/12/2011 07:59

A economia brasileira fica estável no terceiro trimestre de 2011 na comparação com os três meses anteriores, segundo divulgou, nesta terça-feira (6), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O Produto Interno Bruto (PIB), em valores correntes, chegou a R$ 1,05 trilhão no período. No segundo trimestre, em relação ao primeiro, a economia cresceu 0,7%, segundo dados revisados.

No terceiro trimestre, em relação ao segundo, os setores que tiveram os piores desempenhos foram a indústria, com queda de 0,9%, e serviços, com recuo de 0,3%. O destaque positivo ficou com a agropecuária, que cresceu 3,2%.

Apesar de não ter apresentado crescimento na comparação entre os trimestres, na anual, com o terceiro trimestre de 2010, o PIB mostrou avanço de 2,1%. Assim como na relação trimestral, o maior destaque ficou com a agropecuária, que cresceu 6,9%. No entanto, os setores de serviços e a indústria, nesse tipo de comparação, cresceram 2% e 1,0%, respectivamente.

Nos quatro trimestres terminados no terceiro trimestre de 2011 (12 meses), o crescimento do PIB foi de 3,7% em relação aos quatro trimestres imediatamente anteriores. Já no acumulado neste ano, até setembro, o PIB avançou 3,2%.

No último dia 22 de novembro, o secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Barbosa, havia dito que o crescimento da economia brasileira no terceiro trimestre de 2011 poderia ser zero. “Devemos ter uma desaceleração do crescimento no terceiro trimestre, que pode ser zero”, disse Barbosa durante divulgação do segundo balanço da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2).

Fonte: G1

SIGA-NOS NO Costa Rica em Foco no Google News

Pode te Interessar