Costa Rica 17 ℃

TRE afasta possibilidade de solicitar tropas federais em MS

O desembargador destacou o papel do policiamento nas eleições

Publicado em 24/09/2012 08:22

O presidente do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral), desembargador Josué de Oliveira, afastou a hipótese de requisitar as tropas federais, como o Exército, para acompanhar as eleições em alguns municípios da fronteira em decorrência de conflitos. “O que a gente pede é, por exemplo, na Zona Eleitoral de Corumbá utilizar a Marinha para transporte, logística mesmo. Isto a gente pede”, explicou.

O desembargador destacou o papel do policiamento nas eleições. Então não vê motivo para pedir a presença de tropas federais em Mato Grosso do Sul. “Nós contamos muito com o policiamento Civil e Militar do Estado. E também a Polícia Federal para o controle das eleições nas aldeias indígenas”, comentou o presidente do TRE-MS.

Josué ressaltou a necessidade da decisão do governador André Puccinelli (PMDB) para requisitar as forças federais, como o Exército, para as eleições no Estado. “Nós precisamos primeiro ter uma decisão do governador e ele não vai fazer isso. Por isto que está descartada, claro que dentro da normalidade”, afirmou.

Fonte: Conjuntura

SIGA-NOS NO Costa Rica em Foco no Google News

Pode te Interessar