Costa Rica 17 ℃

PMDB anuncia que vai pedir a cassação do prefeito eleito Alcides Bernal

Ele teve a prestação de contas de campanha rejeitada pela Justiça Eleitoral por falhas insanáveis

Publicado em 13/12/2012 09:15

A coligação “Mais Trabalho por Campo Grande”, encabeçada pelo ex-candidato a prefeito, deputado federal Edson Giroto (PMDB), vai recorrer a Justiça Eleitoral para pedir a cassação do diplomaa, do mandato, além da inelegibilidade do prefeito eleito Alcides Bernal (PP) por apresentar falhas insanáveis em sua prestação de contas.

Os advogados Valeriano Fontoura e Luiz Cláudio Pereira Bito afirmaram que após a diplomação do prefeito eleito, marcada para o dia 18 de dezembro, vão entrar com representação à Justiça Eleitoral e pedir a abertura de investigação judicial para apurar as irregularidades cometidas pelo candidato relativas à arrecadação e gastos de recursos.

“Com base no artigo 30-A da Lei nº 9.504/97, nós vamos entrar com representação pedindo a cassação do diploma e mandato de Alcides Bernal”, declarou Valeriano Fontoura, de Buenos Aires, na Argentina. “De acordo com este artigo, qualquer partido político ou coligação poderá representar à Justiça Eleitoral, no prazo de 15 dias da diplomação”, complementou Luiz Cláudio Bito.

Fonte: Correio do Estado

SIGA-NOS NO Costa Rica em Foco no Google News

Pode te Interessar